São José III beneficia 1.121 famílias do Sertão de Crateús

11 de outubro de 2017 # # # #

Wilson Zanini - Gestor de Reportagem
Marcos Studart - Fotógrafo

O Sertão de Crateús teve um dia de festa nesta terça-feira (10). O secretário da Casa Civil, Nelson Martins, assinou nove ordens de serviço, referentes à implantação de sistemas de abastecimento d’água. As ações ocorreram em três solenidades, em Tucuns, na comunidade de Santa Luzia, e em Carrapateira dos Gonçalves, somando investimentos da ordem de R$ 4.870.164. Também participaram dos eventos o secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, e o prefeito de Crateús, Marcelo Machado

As comunidades beneficiadas são Tucuns, Santa Luzia, Bom Jesus, Várzea da Grota, Carrapateira dos Gonçalves, Curralinho, Ipojuca, Cajazeira e Rosário. Nelson Martins falou da alegria de participar do momento da autorização das obras. “Nós estamos felizes em ver a preocupação que o governo tem em investir nos recursos hídricos e no homem do campo. O secretário Dedé Teixeira conseguiu aprovar 81 sistemas de abastecimento d’água. E logo teremos mais 32, que estão sendo licitados”, lembrou. “Somente na semana passada, nós conseguimos aprovar, na Assembleia Legislativa, mais US$ 150 milhões para o Projeto São José III. Ainda temos o Projeto Paulo Freire, que são US$ 80 milhões que estamos aprovando esta semana, na Assembleia, para atendermos a cerca de 300 comunidades, em 31 municípios”, concluiu.

Segundo o secretário Dedé Teixeira, o dia marca a realização do sonho de várias comunidades de Crateús. “Essas atividades garantem as benfeitorias hídricas para as nove comunidades da Região. São quase cinco milhões investidos para que essas comunidades tenham acesso a uma água de qualidade”, afirmou. Para o prefeito Marcelo, “o objetivo dessa caminhada rumo ao desenvolvimento de Crateús é cada vez mais firmar projetos parceiros com o Governo do Ceará”, disse.

Famílias beneficiadas

Uma das famílias beneficiadas com as ações de hoje, em Crateús, é a do agricultor e líder comunitário da comunidade de Tucuns, João Pretina, de 58 anos. Ele acredita que, com a implantação do sistema d’água, a sua comunidade só tende a crescer. “A água daqui é pouca. E hoje nós sofremos com a péssima distribuição da pouca água existente. Diferente de quando o sistema estiver implantado, onde todos serão beneficiados e terão o mesmo acesso à água, de forma organizada”, defendeu.

“Aqui na comunidade, todos nós nos ajudamos, cavando poços, procurando resolver o problema que quase seis anos de estiagem trouxeram. Mas, com esse projeto, com todos tendo água nas torneiras, é um benefício muito grande para toda essa gente”. Esse é o posicionamento do agricultor José Walclécio Araújo, de 38 anos e morador da comunidade da Carrapateira dos Gonçalves.

Projeto São José III

O Projeto é executado pela SDA e já inaugurou mais de 120 sistemas de abastecimento d’água no Ceará. Além de projetos de água, como sistemas e reuso, o projeto também atua com projetos produtivos e assistência técnica. A 1ª etapa do São José III está prevista para ser concluída até abril de 2018.

No último dia 21 de setembro, foi aprovada, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, a mensagem governamental que autoriza a contratação do financiamento junto ao Banco Mundial (Bird) para a 2ª etapa do Projeto São José III. O valor autorizado para financiamento foi de US$ 150 milhões, sendo US$ 100 mi do Bird e US$ 50 mi de contrapartida do Governo do Ceará.

Acompanharam os eventos os deputados estaduais Carlos Felipe, Duquinha, Jeová Mota e o prefeito de Tamboril, Pedro Calixto.