Governador Camilo Santana anuncia investimento de 2,17 milhões na reforma do Arquivo Público do Estado

20 de outubro de 2015

O governador Camilo Santana autorizou, na manhã desta terça-feira (20), a reforma geral do Arquivo Público do Estado, em solenidade na Secretaria da Cultura do Estado (Secult), no Centro de Fortaleza. Na ocasião, foi anunciado o investimento R$ 2,17 milhões na restruturação do prédio histórico, tombado pelo patrimônio do Estado. “Este é um compromisso que temos, de fortalecer a cultura, mesmo sabendo que estamos em um ano de dificuldades econômicas e de seca em nosso Estado. Ainda assim, entendemos que é fundamental investirmos em cultura. Não só para resgatar a nossa história, fortalecendo os nossos artistas, mas para a mudança na estrutura social, impactando na educação, segurança e na economia do Estado”, destacou Camilo, durante o evento realizado no prédio do Cineteatro São Luiz, sede da Secult.

R MG 9772O imóvel restaurado ganhará uma área de armazenamento duplicada, uma biblioteca ampliada e uma sala de pesquisa repaginada. A reforma também beneficiará os frequentadores do Arquivo com novos banheiros, substituição da coberta, reforma do estacionamento e obras de acessibilidade. A previsão para o término da obra é de 12 meses. “O Arquivo Público é um equipamento essencial para a memória, o presente e o futuro do nosso Estado. No Arquivo estão guardados documentos valiosíssimos, tanto pelos registros informativos que trazem e que são consultados por pesquisadores e demais interessados quanto pela produção de conhecimento que esse acervo viabiliza”, ressaltou o secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio.

RIMG 9400Para a estudante de Biblioteconomia, Thailana Tavares, de 21 anos, o resultado será o melhor acesso aos arquivos e documentos históricos do Estado. “A reforma do Arquivo Público é de extrema importância para a memória do nosso Estado. Essa restruturação, além de respeitar a vida útil dos documentos, respeita o próprio cidadão cearense, sua memória, a cultura e o que foi foi construído na história do Ceará. Estou bastante empolgada”, comentou a estudante.

Como espaço de memória, história e promoção da reflexão, o Arquivo Público também promove regularmente exposições temáticas, reunindo documentos com recortes temáticos específicos, a partir da grande variedade de seu acervo. Exposições de documentos sobre a seca no Ceará, de arquivos da polícia cearense na época do Império e de registros do período da ditadura cívico-militar de 1964 a 1985 foram temas de algumas das exposições mais recentes promovidas pelo Arquivo Público.

Investimentos na cultura

R MG 9824O governador Camilo Santana aproveitou para anunciar mais investimentos para a Cultura do Estado. As iniciativas fazem parte da recuperação estrutural de vários equipamentos culturais e da qualificação dos seus acervos e espaços, para bem servir à população, em plenas condições de uso e com programação atrativa e qualificada.  “A Secretaria da Cultura está passando por um processo de recuperação dos nossos 14 equipamentos culturais. Já iniciamos a reforma da Biblioteca Pública, Centro Cultural Bom Jardim e, agora, do Arquivo Público do Estado”,afirmou Camilo.

Os próximos a receberem cuidados, acrescentou o governador, serão o Museu do Ceará e o Museu da Imagem e do Som. “Pretendemos, ainda este ano, reformarmos o Museu do Ceará e o Museu da Imagem e do Som. A Secretaria tem trabalhado bastante para dar uma programação com atividades, resgatando a importância de todos esses equipamentos”, reforçou Camilo Santana.

Novo acesso ao Arquivo Público

Durante as obras de reforma, todos os documentos do Arquivo Público serão mantidos em um novo espaço, nos antigos galpões da RFFSA, ao lado da Praça da Estação, onde já funcionam a Biblioteca Pública Espaço Estação e as salas dos Conselhos Estadual de Política Cultural (CEPC) e de Preservação do Patrimônio Cultural (Coepa). Assim, enquanto durarem as obras, não haverá interrupção nem prejuízo aos serviços prestados pelo Arquivo Público à população.

O horário de atendimento aos pesquisadores, professores, estudantes e a todos os cidadãos interessados em acessar documentos do acervo, em consultas para diversos fins, continuará o mesmo: de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. Sempre com entrada franca.

Dia do Arquivista

A solenidade de assinatura da ordem de serviço abriu a programação da Secult em comemoração ao Dia do Arquivista, comemorado nesta terça-feira (20). O governador aproveitou para parabenizar e ressaltar a importância da categoria para a memória do Ceará. “O secretário Guilherme escolheu este dia exatamente para homenagear este público que faz este trabalho, talvez muito desconhecido, mas de tão grande relevância para a nossa cultura e para a história do Estado”, destacou Camilo.

Fotos: Carlos Gibaja e Felipe Abud

20.10.2015

Wilame Januário
Repórter /  Célula de Reportagem

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Governo do Estado do Ceará
Coordenadoria de  Imprensa – Casa Civil