Escola Profissional Joaquim Nogueira ganha Prêmio Jovem Cientista

22 de Maio de 2015

A Escola Estadual de Educação Profissional Joaquim Nogueira, localizada em Fortaleza, está entre as vencedoras do 28º Prêmio Jovem Cientista, promovido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A EEEP foi agraciada na categoria mérito 

institucional – ensino médio, e receberá R$ 40 mil por ter alcançado o maior número de trabalhos qualificados na iniciativa. Foram 32 projetos sobre Segurança Alimentar e Nutricional, tema definido pelo CNPq para esta edição. A solenidade de premiação está prevista para junho próximo.

O prêmio visa reconhecer talentos e impulsionar a pesquisa no país. Conforme a diretora da escola, Elizabeth Chagas Gomes, a iniciação
científica está entre as diretrizes da Educação Profissional ofertada pela rede estadual. Há quatro anos, a escola realiza a própria Feira
Científica e Cultural, participa da Feira Estadual promovida pela Secretaria, e de outros eventos. Também existe uma carga horária
específica para essa área. “A Escola Profissional não se limita a formar o técnico, pois abre múltiplas oportunidades aos nossos alunos” – frisa a gestora.

Os projetos foram coordenados pelo professor Walquer Cavalcante Maia Junior e são orientados pelos professores da área de ciências da
natureza. Ele destaca que os 518 alunos da EEEP participam dos projetos e têm acesso ao mesmo conhecimento. Conforme o educador, o objetivo é despertar o interesse do estudante pela pesquisa científica e, para isso, contam com todos os professores. “Para nós esse prêmio é motivo de grande alegria e saber que os 32 trabalhos enviados foram qualificados é incentivo para prosseguir”.

Dar continuidade é também o pensamento da aluna Luiza Ranielly Ferreira que está no último ano do curso de Segurança do Trabalho. A estudante comenta que aprendeu muito com sua participação na pesquisa sobre defensivos naturais para desenvolver um produto que não altere a qualidade do alimento e beneficie o meio ambiente. “Estou feliz em saber que fomos premiados. Vou sair da escola, mas os alunos que ficam vão continuar o trabalho” – garante.

Veja os projetos da EEEP qualificados pelo CNPq:

1. SeedDefenser: biofilme protetor para sementes;
2. O uso de defensivos naturais no controle de formigas encontradas na
horta orgânica da EEEP Joaquim Nogueira;
3. A influência dos programas sociais na dieta do brasileiro;
4. Plantas medicinais populares do nordeste;
5. Segurança alimentar em enlatados: determinação de pH e crescimento
microbiano;
6. Comparação quantitativa entre a eficácia da técnica sódis –
desinfecção de água com a luz solar (solar water disinfection) e a
fervura, utilizada na desinfecção da água;
7. Análise da refeição funcional estudantil;
8. O sushi na química;
9. Selo de segurança;
10. Criando hábitos de segurança alimentar;
11. Auxílio da alimentação na prevenção do câncer;
12. Estudo comparativo microbiológico do leite “in natura” e fervido;
13. A pasteurização como técnica de controle do crescimento de
micro-organismos em laticínios;
14. A importância da panela de pressão para segurança alimentar;
15. Aplicação da energia nuclear na agricultura;
16. O que comem os astronautas: nutrição no espaço e suas particularidades;
17. Estudo comparativo do uso do vinagre e do hipoclorito de sódio na
higienização de frutas e verduras;
18. Análise do consumo exagerado da Coca-Cola;
19. Os perigos dos aditivos químicos;
20. Projeto “Contando Calorias”: incentivando a atividade física e uma
melhor alimentação;
21. Forno micro-ondas: verdades e mitos sobre um ícone da cozinha moderna;
22. Irradiação de alimentos: faz bem ou mal;
23. Efeitos dos recursos naturais no meio orgânico;
24. O controle da ansiedade através de práticas corporais para a
adequação do peso corporal;
25. Conservantes: heróis ou vilões?;
26. Cestas básicas: aspectos nutricionais e sociais;
27. “Bacillus Thuringiensis”: uma alternativa de controle biológico aos
agrotóxicos não prejudiciais à saúde;
28. A diferença entre alimentos orgânicos e não orgânicos para a saúde
do consumidor e a sustentabilidade do solo;
29. A importância do sódio nos alimentos – benefícios e malefícios;
30. Cuidados ao administrar sal nos alimentos;
31. Agricultura orgânica e segurança alimentar;
32. Conscientização alimentar na escola.

22.05.2015

Assessoria de Imprensa da SEDUC 3101.3972
Jacqueline Cavalcante / 85 3101.3972 – jacquelinec@seduc.ce.gov.br

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898