Passarela que vai ligar Arena Castelão ao CFO está com construção acelerada

5 de novembro de 2014

Falta pouco para que os pedestres possam cruzar a Avenida Alberto Craveiro com mais conforto e segurança. A passarela que está sendo construída na altura da Arena Castelão segue em ritmo acelerado. A estrutura com 51 metros de extensão e 5 metros de largura, interligando o maior estádio do Nordeste ao Centro de Formação Olímpica (CFO), teve a estrutura metálica erguida. A intervenção segue agora para as etapas de instalação das escadas e elevadores, piso de concreto e urbanização. Com a passarela, os dois equipamentos formarão o maior complexo esportivo do Brasil, com 313 mil m² – ambos são gerenciados pela Secretaria Especial de Grandes Eventos Esportivos (SEGE).

O equipamento segue com obras a todo vapor e ficará pronto juntamente ao Centro de Formação Olímpica em 13 de dezembro de 2014. As fundações foram concluídas e os pilares localizados nos dois equipamentos e no canteiro central da Av. Alberto Craveiro estão sendo instalados. A passarela já foi erguida nos dois sentidos da via.

A passagem, totalmente acessível, vai dispor de dois elevadores para pessoas com necessidades especiais, além de escadas. Na calçada da pista de skate, a estrutura da passarela vai abrigar três banheiros de uso público sendo um feminino, um masculino e outro para deficientes físicos.

A estrutura metálica terá guarda corpo de vidro com altura elevada, o que proporcionará maior segurança aos usuários. Por ser adequada para receber grande fluxo de pessoas em eventos, por exemplo, a passarela tem medidas de largura diferenciadas de outras comuns espalhadas pela cidade e também vai beneficiar pedestres que precisam atravessar a Avenida Alberto Craveiro já que está sendo instalada na área urbanizada da Arena Castelão e Pista de Skate do Centro de Formação Olímpica, dois espaços abertos ao público.

“Além do fomento ao esporte, nós também pensamos em beneficiar o pedestre que precisa cruzar a Avenida Alberto Craveiro, tanto que incluímos no projeto a instalação da passarela em duas áreas de acesso público. Agora as pessoas poderão transitar com mais segurança. Inclusive aqueles com deficiência, através dos dois elevadores”, afirma o secretário Especial de Grandes Eventos Esportivos do Ceará, Ferruccio Feitosa.

Centro de Formação Olímpica

O CFO é uma parceria do governo do Ceará com o Governo Federal e faz parte do Plano Brasil Medalhas, com financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O complexo vai integrar a Rede Nacional de Treinamento, principal projeto de legado dos Jogos Olímpicos de 2016 para a infraestrutura do esporte brasileiro, e foi a primeira obra no estado contratada sob o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) – modalidade de licitação criada para maior eficiência de contratações públicas e aumento de competitividade entre fornecedores.

Somado ao Castelão, o Centro de Formação Olímpica formará o maior complexo desportivo do país. O CFO, administrado pela SEGE e realizado pelo Consórcio Complexo Olímpico do Ceará, com as Construtoras Galvão Engenharia SA e Recoma Construções Comércio e Indústria LTDA, tem data de entrega marcada para o dia 13 de dezembro deste ano. A pista de skate já foi entregue à população no último dia 27 de setembro e está em pleno funcionamento. O espaço terá instalações para 26 modalidades olímpicas, com outras muito populares, como futsal e karatê, além de hotel para 248 atletas e ginásio climatizado para até 21 mil pessoas.

05.11.2014

Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Grandes Eventos Esportivos
imprensa@secopa.ce.gov.br
+55 85 3264-5359