Hepatite B: sábado (07) é dia de intensificação da vacinação

6 de junho de 2014

Neste sábado (07) será dia de intensificação da vacinação contra a hepatite B. Toda a população até 49 anos que ainda não se vacinou ou que não completou o esquema de vacinação deve se vacinar. A proteção é garantida quando a pessoa recebe três doses da vacina. A segunda dose deve ser aplicada 30 dias após a primeira e, a terceira, seis meses após a primeira. Mesmo quem interrompeu o esquema há muito tempo deve procurar um posto de vacinação. A vacina contra hepatite B é de rotina e está disponível nos postos de vacinação dos municípios durante todo o ano para que a população de zero a 49 anos não deixe de completar o esquema.

As hepatites são doenças que atacam o fígado. A hepatite B é uma doença sexualmente transmissível, mas também pode ser transmitida pelo contato com sangue e por materiais cortantes contaminados, como alicate de unha. Por isso, o Ministério da Saúde (MS) alerta que, além do uso da camisinha em todas as relações sexuais, não se deve compartilhar escova de dente, alicates de unha, lâminas de barbear ou depilar. É importante também sempre usar materiais esterilizados ou descartáveis em estúdios de tatuagem e piercing, serviços de saúde, acupuntura, procedimentos médicos, odontológicos e hemodiálise.

Nem sempre a hepatite B apresenta sintomas. Quando aparecem, podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vômito. A pessoa pode levar anos para perceber que está doente. O diagnóstico e o tratamento precoce podem evitar a evolução da doença para cirrose ou câncer de fígado, por exemplo. O teste, o tratamento e o acompanhamento das hepatites virais estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS).

06.06.2014

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá  (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara