Primeira Residência Multiprofissional acontece no Hospital de Messejana

5 de junho de 2014

Dezoito profissionais de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço social e Terapia Ocupacional iniciam nesta sexta-feira (06), a primeira Residência Multiprofissional na Atenção ao Paciente Crítico Cardiopulmonar do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM). A solenidade de abertura acontece às 8h30min, no auditório A do Hospital (Avenida Frei Cirilo, 3480 – Messejana). Em 2014, a Residência Integrada em Saúde (RIS), executada pela Escola de Saúde Pública (Esp/Ce) ampliou a quantidade de ênfases de quatro para 11, entre elas o Cuidado Cardiopulmonar, em razão de parceria estabelecida entre a RIS-Esp/Ce e os hospitais da rede da Secretaria da Saúde do Estado.

O objetivo da RIS é formar profissionais com competências adequadas para garantir à população acesso de qualidade aos serviços de saúde e colaborar para integração das Redes Assistenciais em Saúde. As residências constituem estratégia de educação permanente, provimento e fixação profissional, sobretudo na Rede Estadual de Saúde. Com a RIS, o foco é promover a interiorização da educação permanente interprofissional em saúde por meio da qualificação de profissionais, de forma a contribuir para a consolidação da carreira na saúde pública e para o fortalecimento das redes de atenção à saúde. Constitui modalidade de ensino de pós-graduação em nível de especialização, regime de tempo integral e dedicação exclusiva, caracterizando-se como educação para o trabalho, através da aprendizagem em serviços.

Total de 341 residentes

Com a nova rede de assistência à saúde que o governo do Estado está concluindo em todas as 22 regiões do Ceará, há necessidade de expansão de residências médicas e multiprofissionais para atendimento nos hospitais regionais, nas policlínicas e Centros de Especialidades Odontológicas regionais e ainda na rede de atenção básica e de saúde mental. A execução da RIS-ESP/CE evidencia uma forte parceria entre os três níveis de governo ? federal, estadual e municipal ? e integra 12 profissões da saúde em 11 programas de residência multiprofissional compondo um total de 341 residentes e 500 preceptores imersos no Sistema Único de Saúde (SUS) em todas as regiões do Estado.

05.06.2014

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara