Lançadas duas feiras de couro e moda que vão acontecer no Centro de Eventos

16 de setembro de 2013

O Centro de Eventos do Ceará (CEC), equipamento da Secretaria do Turismo do Estado do Ceará (Setur CE), vai receber entre os dias 24 e 26 de setembro duas feiras simultâneas voltadas para o atacado de confecção, calçados e artigos de couro: a Feira Internacional de Calçados e Artefatos do Nordeste – Ficcan, e a Nordeste Prêt-a-Pôrter.

Lançadas na última terça-feira (10), as feiras marcam o início de uma parceria entre duas grandes realizadoras de evento que são concorrentes no mercado paulista: a Couromoda e a Ficcan. Além do secretário do Turismo, Bismarck Maia, estiveram presentes os controladores das empresas, Jorge Sousa e Jammil Abdala, respectivamente.

São esperadas cerca de 10 mil empresas visitantes, que vêm ao CEC a fim de fazer negócios, e conferir os lançamentos das coleções de verão das melhores marcas do Brasil, que vão ser lançadas nas feiras.

As feiras realizadas pelas empresas ocorrem nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul há pelo menos 40 anos – juntas, são 85 anos de mercado. Para  Bismarck Maia, que participou do processo de captação há três anos, a realização das feiras é uma vitória para o Ceará, que agora sedia uma empresa de realização de grandes eventos que reúne as duas maiores especialistas no País.

“Queremos instalar no Ceará uma agenda inteligente de eventos, ou seja, termos ao menos seis ou sete eventos-âncora anualmente. E a união da Ficcan e da Couromoda vai ser fundamental neste processo. Para isso, temos o Centro de Eventos, um equipamento de referência no Brasil, e que nos deu competitividade no no segmento de turismo de negócios, duas vezes mais rentável que o de lazer”, afirma Bismarck.

Para o presidente da Couromoda, a escolha de Fortaleza para sediar o evento e a base de operações para as duas empresas no Nordeste e no Norte foi o equipamento: “o Centro de Eventos mudou o eixo de realização dos eventos por conta de sua qualidade técnica e do seu porte e, além disso, a cidade tem uma boa rede hoteleira e de infraestrutura de lazer e de serviços”.

Sousa também lembrou que, a partir da realização de uma feira deste porte, além dos impactos imediatos na cadeia produtiva do turismo, o Estado é beneficiado também por ter maiores possibilidades de receber um investimento privado: “vamos ter empresários de todo o País e do exterior durante as feiras, que vão conhecer e se interessar a investir no Estado; é um efeito multiplicador”, avalia.

Já Abdala garante que, além dos eventos deste setembro, a empresa prepara feiras ligadas aos segmentos de beleza e de medicina, além de mais duas edições da Ficcan/Nordeste Prêt-a-Pôrter em 2014.

“Somos o terceiro maior produtor de calçados do mundo, e a região Norte/Nordeste representa 42% da produção nacional. Além disso, o Ceará é um dos maiores polos de confecções do Brasil, então, só vemos capacidade de crescimento”, concluiu.

16.09.2013

Assessoria de Comunicação da Setur

Carmen Inês / Tunay Peixoto (+55 85 9947.7234 / 3101.4661)