Ligações irregulares de água e esgoto trazem prejuízo à população

14 de Janeiro de 2013

Ligações irregulares nas redes de água e esgoto são frequentes. Porém, o que a população não sabe é que esta prática, além de ilegal, impacta diretamente na qualidade da prestação destes serviços. É comum o surgimento de extravasamentos de esgoto causados por interligações não autorizadas ao sistema de esgotamento sanitário. Isso ocorre quando, ao passar obras de esgoto da Cagece por uma via, os moradores não esperam a autorização da empresa e interligam suas residências à rede. Como o sistema ainda não está completo, sem destino final, o esgoto transborda, gerando transtornos aos próprios moradores até que a ligação prematura seja retirada.

Já no sistema de abastecimento, quando um imóvel realiza ligações clandestinas à rede, esta acaba por gerar uma diminuição de pressão e quantidade de água que seria destinada à distribuição da população. Neste caso, as áreas mais afetadas são sempre as que já sofrem com algum problema de baixa de pressão e que apresentam algum tipo de inconstância no abastecimento.

 

Infrações

Para combater estas e outras práticas irregulares nos sistemas de água e esgoto, a Cagece fixou um nova tabela de multas no ano de 2012. Os novos valores entraram em vigor em setembro, aprovados pelas agências reguladoras dos serviços, Arce e Arcfor.

A nova tabela também criou dois novos tipos de multas. Uma para o lançamento de águas pluviais na rede de esgoto e outra para o lançamento na rede de esgoto de efluentes fora dos padrões (para indústrias). As penalidades visam inibir esses dois tipos de ações que prejudicam o serviço prestado aos clientes, além de ameaçar o meio ambiente.

14.01.2013

 

Assessoria de Imprensa da Cagece
Sabrina Lemos (sabrina.lemos@cagece.com.br – 85 3101.1826/ 8878.8932)