Consolidação do CIPP é tema de reunião com Governador

30 de maio de 2012

Secretários de Governo, representantes da Assembleia Legislativa, de prefeituras, e de entidades ligadas ao comércio e indústria, além de empresários reúnem-se nesta quinta-feira (31), a partir das 10 horas, com o governador Cid Gomes, para a apresentação das propostas referentes a formação de mão de obra e soluções de eventuais gargalos na implantação do Complexo Industrial e Portuário do Pecem (CIPP). Participarão da reunião os titulares das secretarias da Infraestrutura, Adail Fontenele, do Planejamento e Gestão, Eduardo  Diogo, dentre outras autoridades.

As propostas em diversas reuniões do Conselho Gestor do CIPP, criado no ano passado com a  finalidade de dar encaminhamentos a uma melhor consolidação do complexo na chamada retroarea do Porto do Pecem. O grupo debateu mais de dez temas como segurança pública, saúde, educação, urbanização, infraestrutura,  saneamento, meio ambiente, tecnologia da informação e comunicação, transporte, formação de mão-de-obra, com as respectivas soluções de médio e longo prazos.

O Governo do Estado já está realizando algumas obras para solucionar demandas do Complexo. Entre elas estão a duplicação da  rodovia CE-085, que terá seus 62 quilômetros duplicados e sofrerá uma intervenção em seu traçado para implantação da refinaria Premium II. Outro importante projeto é o Centro de Treinamento Técnico do Ceará (CTTC), que está sendo construído no Pecem e será um dos responsáveis pela formação de mão de obra qualificada para as empresas instaladas no CIPP.

O que é o CIPP

O Complexo Industrial do Pecém (CIPP) ocupa uma área de 13.300 hectares nos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, na Região Metropolitana da Fortaleza, que vai receber siderúrgica, refinaria, Zona de  Processamento de Exportações (ZPE), polo petroquímico, polo eletrometalmecânico e a área institucional com o Centro de Treinamento  Técnico do Ceará (CTTC), indústria e serviços para o Complexo. Durante  a implantação do Complexo serão gerados 55 mil empregos diretos e 20 mil empregos indiretos.

O CIPP está inserido na chama retroarea do Porto do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante. Inaugurado em 2002, opera com cargas gerais e de contêineres de navios de grande porte, que podem atracar graças ao calado natural de 16 metros. Nos últimos anos recebeu mais de R$ 1 bilhão de investimentos para aumentar se adequar à demanda dos futuros empreendimentos.

Saiba mais:

-Entre os meses de março e abril foram realizadas reuniões para definir os gargalos e apresentar as soluções.

-Integrantes do Governo do Estado e dos municípios de São Gonçalo do Amarante e de Caucaia, participaram das reuniões. Dirigentes do setor privado, a exemplo de Honório Pinheiro, presidente da FCDL, Luiz Gastão, presidente da Fecomercio, João  Guimarães, Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Flávio Sabóia, Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), Nicole Barbosa, Presidente do CIC, Roberto Sérgio, Vice-Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará, e representantes da Companhia Siderúrgica do Pecém e da Termoelétrica EBX participaram da pauta a ser entregue ao Governador.

Serviço:
A reunião para apresentação das propostas referentes ao CIPP acontece nesta quinta-feira (31/05), a partir das 10 horas, no gabinete do governador Cid Gomes

30.05.2012

Assessoria de Comunicação da Seinfra

Marcos Cavalcante / Luiz Guedes (85 3216.3763/65)

Twitter: @seinfrace