Unilab integrará povos da Língua Portuguesa

25 de Maio de 2011

O governador Cid Gomes acompanhou o ministro da Educação Fernando Haddad, nesta quarta-feira (25), durante a inauguração da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), sediada no município de Redenção, no Ceará. Na universidade serão atendidos inicialmente 360 estudantes das nações que fazem parte da Comunidade Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP): Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor Leste.

Durante a cerimônia, Cid Gomes anunciou que se for concretizada o sonho da oferta do curso de Medicina da Unilab, o Governo Estadual construirá no município, mais um hospital regional de alta complexidade, o Hospital Regional do Maciço de Baturité. O Governador também citou que já está dotando a região de infraestrutura para facilitar o desenvolvimento dos municípios do Maciço. “ Tenho o compromisso de duplicar o trecho da CE-060 entre os municípios de Pacatuba e Redenção; construir a estrada que ligará os municípios de Redenção a Pacoti”, explicou.

O titular do Executivo estadual lembrou ainda que a implantação da Unilab contou com o papel fundamental do ex-presidente Lula que foi responsável pela expansão do ensino superior no Ceará. “Tínhamos quatro Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia (IFC), estamos atualmente com 18 e até o fim de julho, serão 23 Institutos. A oferta de cursos da Universidade Federal no Interior eram apenas dois. Hoje são 28 cursos ofertados no Interior do Estado”, citou.

O Governador também destacou que através da parceria com o Ministério da Educação (MEC), o Governo do Estado está construindo 130 escolas de educação profissional. “Todos os municípios com mais de 25 mil habitantes estão recebendo essas unidades para dá oportunidades aos jovens do Interior cearense. Na semana passada inauguramos a unidade número 70  e nesta terça-feira vamos inaugurar mais uma escola profissionalizante em Beberibe”, disse. Cid Gomes também agradeceu ao ministro pelo apoio aos projetos de educação na área da educação.

Para Fernando Haddad, o Ceará é um estado referência na educação. E para ele, Redenção, por ser a 1ª cidade a abolir a escravidão, teria que sediar uma unidade de educação. “Só a liberdade não nos basta. Precisamos da educação que é uma segunda libertação”, destaca. O Ministro lembrou que a concretização da implantação da Unilad surgiu da ideia do ex-presidente Lula em pagar uma dívida histórica com os países do continente africano. Fernando continuou a afirmar que já está no Congresso Nacional, a pedido da presidenta Dilma Rousseff, a medida que visa implantar 200 unidades de cursos técnicos federais, que juntamente com as 400 já implantadas, mudará o perfil dos jovens brasileiros.

O representante do Governo Federal aproveitou para anunciar ao Governador que o município de Sobral será assunto, nos próximos dias, dos educadores do mundo. Isso porque, segundo ele,  a educação em Sobral é padrão de referência e que o município é o único do Nordeste na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) a estar entre os 100 primeiros em desempenho escolar. “Sobral é um exemplo nacional”.

A Unilab, nesta fase inicial está ofertando os cursos de Agronomia, Administração Pública, Ciências da Natureza e Matemática, Enfermagem e Engenharia de Energias. Mas de acordo com o reitor, Paulo Speller, já há a provocação por parte da Universidade da ampliação para ofertas de cursos de Medicina, Farmácia e Saúde Pública. Começa a funcionar no antigo Centro Administrativo da Prefeitura de Redenção, que recebeu aproximadamente R$ 7 milhões do Governo Estadual para investimentos em reformas e ampliação. Mas de acordo com Cid, um terreno de 130 hectares já está sendo disponibilizado e a licitação está prevista para o próximo mês de setembro, para abrigar definitivamente a Universidade.

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 3466.4898)