Missão acompanha obras para a Copa de 2014

10 de Maio de 2011

O grupo de trabalho responsável pelas obras que deixarão Fortaleza preparada para sediar jogos da Copa do Mundo de Futebol em 2014, apresentou nesta terça-feira (10), na Secretaria da Infraestrutura, um resumo da situação das principais obras a uma comissão formada por representantes dos ministérios das Cidades, Esportes e da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Estado é responsável pelas obras de implantação do VLT Parangaba-Mucuripe; pela construção das estações Padre Cícero e Montese; pela  Linha sul do Metrô de Fortaleza; e pela   reforma e ampliação do estádio Castelão. O secretário Adail Fontenele coordenou a reunião. Ainda nsta terça-feira (11), a comissão realizou visita às obras.  Os investimentos do Estado nas obras deverão atingir cerca de R$ 819 milhões.

O Estado foi representado na reunião pelas Secretarias da Infraestrutura (Seinfra), Especial da Copa (Sescopa), Cidades, e Metrô de Fortaleza, ocasião em que mostrou o status das obras da chamada Matriz de Responsabilidade do Estado no que diz respeito às obra para o Copa. Os trabalhos de reforma e ampliação do estádio Governador Plácido Castelo (Castelão) já estão em andamento, tendo começado a primeira etapa do estacionamento coberto e o edifício-sede da   Secretaria de Esporte do Estado (Sesporte). As arquibancadas e coberta estão sendo demolidas para dar lugar a novas. O valor da obra é de R$ 518 milhões. Já o Ramal Parangaba-Mucuripe, cujos estudos estão em fase de conclusão, será operado com Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) e fará a conexão ferroviária de 13 km entre a Estação da Parangaba e o Porto do Mucuripe. As obras devem começar em outubro deste ano e concluídas no primeira semestre de 2013. O investimento será de R$ 265 milhões.

A Prefeitura mostrou seus projetos de intervenção nos principais corredores de tráfego de Fortaleza, como alargamento das avenidas Alberto Craveiro, Paulino Rocha e Raul Barbosa, bem como a integração entre os modais de transporte urbano em execução pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Seinf) e Fundação de Cultura, Esporte e Turismo (Funcet).

Pela União, a Companhia Docas (Ligada à Secretaria Especial dos Portos) mostrou o projeto de construção de um novo terminal de desembarque de passageiros no porto do Mucuripe. A obra receberá um investimento de R$ 160 milhões com previsão de conclusão em 2013. Já  a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aerportuária (Infraero)  apresentou a ampliação do Aeroporto Internacional Pinto Martins até 2016, quando serão investidos R$ 498 milhões. A FGV, empresa credenciada pelo Governo Federal, fez uma explanação acerco do seu trabalho de apoio e monitoramento dos projetos ligados às obras da Copa na sede e sub-sedes.

 

10.05.2011 

Assessoria de Imprensa da Seinfra

Marcos Cavalcante / Luiz Guedes (luiz.guedes@seinfra.ce.gov.br / 85 3216.3763 – 65) Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / 85 3216.3763 – 65)
@seinfrace (Twitter oficial da Secretaria da Infraestrutura do Estado)