Barbalha é escolhida pelas Nações Unidas para projeto nacional

5 de Abril de 2011

O município de Barbalha, na região do Cariri, foi escolhido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para participar do Projeto de Fortalecimento de Capacidades para o Desenvolvimento Humano Local. As Nações Unidas irão investir US$ 1,8 milhão em quatro municípios brasileiros. Além de Barbalha, participam do projeto Abaetetuba (PA), Jaguarão (RS) e Marliéria (MG). Segundo a representante do PNUD e coordenadora do programa, Ieva Larazeviciute, que esteve na Secretaria das Cidades no início de abril, ainda não está definido quanto será aplicado em cada cidade.

 

 

A Secretaria das Cidades do Ceará será o órgão responsável no estado pela execução do projeto. A ideia é criar uma feira que reúna os projetos exitosos de outros estados e até de outros países para servir de exemplo e para serem adequados à realidade local. Além de gestores públicos e estudantes, a também poderá atrair turistas e investidores do Ceará e de estados vizinhos. A programação da feira e o perfil do evento serão discutidos por um grupo de trabalho formado pela Secretaria das Cidades. Segundo Liliana Oliveira, técnica da Secretaria, Barbalha já é beneficiada por um projeto voltado para o turismo e o desenvolvimento humano. O PNUD atua no Brasil em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

 

 

Recursos das Nações Unidas

 

O dinheiro disponibilizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) será usado para capacitar funcionários das prefeituras, do setor privado e do terceiro setor a elaborar e por em prática políticas e projetos que contribuam para melhorias socioeconômicas inclusivas e sustentáveis na cidade.

 

 

A escolha dos municípios respeitou os critérios principalmente voltados para o desenvolvimento das potencialidades humanas locais, prevendo uma continuidade após o término do programa.

 

 

Além de Barbalha, os três municípios contemplados com o projeto de Fortalecimento de Capacidades para o Desenvolvimento Humano Local: Abaetetuba (PA), Jaguarão (RS) e Marliéria (MG).

 

Projeto Cidades do Ceará

 

O projeto Cidades do Ceará – Cariri Central – está sendo realizado pela Secretaria das Cidades para promover o desenvolvimento econômico, melhorar a infraestrutura urbana e ampliar as capacidades institucionais dos municípios para a gestão regional do Cariri. Serão investidos no projeto US$ 66 milhões, sendo US$ 46 milhões financiados pelo Banco Mundial (BIRD) e R$ 16 milhões de contrapartida do Governo do Estado do Ceará. As ações estão baseadas em cinco importantes eixos estruturadores: turismo ecológico e de esportes e aventura (Flona e APA do Araripe); religioso (romarias); cultural (bandas cabaçais, artesanato, festas e feiras regionais); científico (Geopark, Museu de Paleontologia); e de eventos e negócios. O projeto irá executar obras que são consideradas estruturantes para o desenvolvimento das nove cidades do Cariri Central.

 

05.04.2011

 

Assessoria de comunicação da Secretaria das Cidades

 

Giselle Dutra / Márcio Teles (85 3101-4462 85 8603-0369)