Sobrado abre exposição do projeto Residências em Fluxo sábado, dia 24.

22 de julho de 2010

Será lançada neste sábado, dia 24, no Sobrado Dr. José Lourenço, a exposição da artista visual Katalina Leão, que pretende, por meio da arte contemporânea, refletir parte da cidade como um lar, transformando a própria cidade em residência. A exposição será aberta a público, de 10 às 19h.

 

Katalina é recifense e esteve na Alemanha por dois anos, onde frequentou a Escola de Belas Artes . Selecionada em um programa de residência artística, a artista visual passa o mês de julho na capital cearense.  Em apenas alguns dias na cidade, Katalina optou pelo formato de performance e também pela videoarte. O conceito principal do trabalho Residência ela faz questão de enfatizar: “vivenciar a cidade a partir de uma relação sensível com o lugar”.

 

O programa Residências em Fluxo é realizado pelo recifense Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam) em parceria com a Usina Cultural Energisa (João Pessoa) e o Sobrado Dr. José Lourenço (Fortaleza) e é financiado pelo Banco do Nordeste, através do Programa BNB de Cultura 2010.

 

22.07.2010


Assessoria de Comunicação da Secult

(imprensa@secult.ce.gov.br/ 3101-6761)