Serra da Ibiapaba: Governo beneficia 608 famílias de São Benedito com sistemas de abastecimento d’água

25 de outubro de 2017 # # # # #

Wilson Zanini - Gestor de Reportagem
Marcos Studart - Fotos

O investimento, de mais de R$ 1,6 milhão, beneficiará cinco comunidades do município

São Benedito teve um dia de festa na tarde desta terça-feira (24). É que o Governo do Ceará, representado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, e com a presença do secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, autorizou a construção de cinco sistemas de abastecimento d’água, nas comunidades de Carnaúba, Chapada II, Cruz do Raio, Pau D’Arco e Santo Reis.

Com um investimento de R$ 1.632.130,62, as comunidades passarão a ter água tratada nas torneiras e chuveiros das residências. O Governo do Ceará adotou a implantação destes sistemas de água em comunidades rurais como forma de dirimir os efeitos da estiagem prolongada dos últimos seis anos. As obras são realizadas através do Projeto São José III.

Segundo Nelson Martins, as ordens de serviço têm uma grande importância. “É de grande importância, esse ato de hoje, porque essas comunidades vêm lutando há bastante tempo por esse benefício. Como nós já fizemos recentemente uma licitação de R$ 48 milhões, correspondentes a 81 sistemas, e agora vamos fazer uma outra licitação de mais 32 sistemas, teremos condições de dar um andamento grande a essas obras”, comemorou. “Conseguimos também aprovar, na Assembleia, mais recursos, da ordem de US$ 150 milhões, teremos condições de poder continuar, no próximo ano, com projetos produtivos e com projetos de abastecimento d’água”, explicou.

Dedé Teixeira falou do prazer em autorizar a implantação dos sistemas. “Gostaria de dizer do prazer, da importância que é estar aqui. O governador Camilo prioriza os recursos para garantir água tratada para todas essas comunidades rurais. Com toda essa dificuldade hídrica, ele não tem medido esforços para fazer ações fundamentais, como é o abastecimento d’água. Só o governador Camilo já perfurou mais de quatro mil poços”, defendeu.

Para o prefeito de São Benedito, Gadyel Gonçalves, o momento foi de agradecer ao Governo pela parceria. “Gostaria de agradecer ao governador Camilo Santana, na pessoa do secretário Nelson, por tudo que tem feito pelo nosso município. Temos a nossa Brinquedopraça, Praça Mais Infância, escola profissionalizante, escola indígenas estradas, obras hídricas, dentre outras”, disse. “Nunca São Benedito teve tanto investimento do Governo do Estado como está tendo agora. Obras que foram feitas, que estão fazendo e que virão, como é o caso da nossa Areninha, do anel viário. Temos no governador Camilo Santana, um excelente administrador”, concluiu.

 

População beneficiada

Além dos quase 4 mil poços, o Governo do Ceará entregou 350 km de adutoras de montagem rápida (AMRs) e mais de 1.110 chafarizes, além de adquirir sete máquinas perfuratrizes, desburocratizando e barateando a perfuração de poços, e instalar 358 sistemas de dessalinização da água por todo Estado. A população rural é diretamente beneficiada por muitas dessas obras.

Josilane Matos, 29, representante da comunidade Cruz de Raio, acredita que o segredo das conquistas junto ao Governo é a organização das comunidades, nos pedidos, no levantamento das necessidades locais, passando por todos os processos. “Aqui, cabe a cada envolvido, um pouco desse projeto. O envolvimento de várias pessoas foi responsável por essa conquista. Minhas palavras são de agradecimento a todos os envolvidos, desde os estudos até esse momento, da assinatura das ordens de serviço”, disse. (Foto 0175)

Participaram do evento os deputados estaduais Augusta Brito e Bruno Pedrosa e os vereadores Haroldo Júnior, Régis Brito, Das Chagas das Queimadas, o vice-prefeito Saul Maciel e demais autoridades.

Ouça:

Segundo Nelson Martins, melhorias deste tipo trazem um ganho de saúde para a população e, pensando nisso, o Ceará já garantiu recursos para ampliar esse atendimento.

O secretário Dedé Teixeira falou do esforço que o Estado vem desenvolvendo para levar água às comunidades rurais.