Fumacê combate dengue em Fortaleza e mais 11 municípios

11 de Maio de 2015

A Secretaria da Saúde do Estado iniciou nesta segunda-feira, 11 de maio, o segundo ciclo de pulverização espacial UBV pesado (fumacê) em três bairros das regionais V e VI de Fortaleza – Messejana, Planalto Aírton Senna e Barroso, com cobertura de 924 quarteirões, das 5 às 8 horas e das 17 às 20 horas.

Na última semana, de 4 a 7 de maio, o fumacê concluiu o primeiro ciclo de pulverização nos mesmos bairros e, ainda, no José Walter, com 1.284 quarteirões cobertos. Durante o mês de maio, a Operação Fumacê também combate o mosquito transmissor da dengue e da febre Chikungunya nos municípios de Eusébio, Ocara, São Luiz do Curu, Ipueiras, Crateús, Crato, Morada Nova, Maranguape, Barbalha, Umirim e Uruburetama. Com esses, serão 39 municípios cobertos pela operação com a utilização de equipamentos Ultra-Baixo Volume (UBV) este ano.

Nesta semana, em Fortaleza, serão utilizados três veículos equipados que equipamentos de UBV pesados. Na segunda-feira foram percorridos 190 quarteirões em Messejana e, na terça-feira, serão cobertos 271 quarteiros em Messejana e Planalto Aírton Senna, pela manhã e à tarde. Na quarta-feira o fumacê percorrerá 223 quarteirões no Barroso. A recomendação aos moradores é que abram portas e janelas das casas na passagem do fumacê para que o inseticida atinja o mosquito dentro das residências. A passagem do fumacê não diminui a necessidade da eliminação dos potenciais focos do mosquito. Por isso, as famílias devem também fazer sua parte no combate ao Aedes aegypti.

O fumacê, nome popular para a Pulverização espacial UBV, é um procedimento que consiste na liberação via aérea de gases, que agem, por contato, atingindo os mosquitos adultos em voo. Cerca de 90% dos focos do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue, são encontrados dentro de casa. A ação do produto só é efetiva quando o inseticida está em suspensão no ar e só mata o mosquito adulto. O inseticida não mata as larvas do Aedes aegypti, que estão em caixas d’água, potes, baldes, pneus, lajes. Com a ventilação a uma velocidade de 6 Km/h, a ação do produto dura de 40 minutos a uma hora e meia.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado na sexta-feira, 8 de maio, pela Secretaria da Saúde do Estado, foram confirmados 7.952 casos de dengue este ano em 118 municípios cearenses. Foram confirmados 195 casos graves da doença e nove óbitos por dengue nos municípios de Aquiraz (1), Barbalha (1), Caucaia (1), Fortaleza (2), Limoeiro do Norte (1), Maracanaú (2) e Varjota (1).

Rbanner caixa dagua dengue 2015

Cuidados com o mosquito

A faxina feita habitualmente uma vez por semana nas residências deve ir muito além de limpeza no piso e móveis. É preciso atentar para tudo que pode acumular água tanto dentro de casa como no quintal e jardins. Há muitos depósitos e pequenos objetos que podem servir de criadouros para o mosquito da dengue, o Aedes aegypti. Basta o contato com algumas gotinhas de água para o ovo depositado numa tampinha de refrigerante perdida lá no fundo do quintal, por exemplo, para eclodir e virar larva, depois pupa e sair por aí, já como mosquito adulto, picando e deixando as pessoas doentes de dengue. Sem falar que o mesmo mosquito também transmite outra doença, a febre Chikungunya.

Qualquer depósito de água deve ser bem lavado antes de ser fechado. Nunca deixar baldes e vasilhas descobertos. A caixa d´água deve receber vigilância permanente das famílias. Precisam estar sempre limpas e bem cobertas. Os pneus que não servem mais devem ser mantidos em locais cobertos para não acumular água até que seja entregue ao serviço de limpeza urbana. Até uma casquinha de ovo que cai do saco de lixo pode acumular água e criar mosquito da dengue. E por falar em saco de lixo é necessário deixá-lo fechado e só colocar na calçada nos dias de coleta. Lixo espalhado nas calçadas e ruas é uma ameaça a saúde coletiva.

 

11.05.2015

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898