Samu 192 já opera em 130 municípios do Ceará

6 de novembro de 2014

O Ceará, que até o ano de 2005 só contava com SAMU 192 em dois municípios, agora já tem 130 municípios atendidos pelo serviço de urgência. O último município contemplado com o SAMU foi Várzea Alegre, na macrorregião do Cariri, onde 39.600 habitantes recebem, desde o último dia 24 de outubro, o atendimento 24 horas. Somente na macrorregião do Cariri, são 40 municípios operando com o serviço de urgência.

Em tempo
Fazendo uma retrospectiva, dos 184 municípios cearenses, somente dois operavam com o serviço SAMU, antes do governo Cid Gomes: Fortaleza, implantado em março de 2004 e Sobral, em agosto de 2005. A gestão do SAMU 192 Fotaleza e Sobral é feita pelas prefeituras municipais. Os outros 128 têm a gestão do SAMU Ceará 192/Sesa.

O SAMU presta socorro em qualquer lugar. O paciente pode estar na residência, no local de trabalho, em vias públicas. Basta ligar para o 192. A ligação é gratuita. Quando o SAMU recebe a ligação, um médico regulador realiza o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente ou a pessoa que fez a chamada sobre as primeiras ações que podem ser tomadas, como a prestação dos primeiros socorros ou a imobilização das vítimas, dependendo da gravidade do caso. Em casos graves, o paciente é transferido de uma ambulância com UTI. O médico comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos ou UPAs e assim garante atendimento rápido, reduzindo seqüelas e promovendo redução de óbitos com o socorro precoce.

Na implantação do SAMU Ceará 192, o governo do Estado, através da Secretaria da Saúde, é responsável pela operacionalização do serviço. Isso significa que a Sesa faz desde o treinamento dos profissionais, passando pelo pagamento dos salários até a gestão do serviço. O Ministério da Saúde participa com a liberação das ambulâncias. Os municípios cedem o prédio ou instalações para o funcionamento do SAMU Ceará 192.

O SAMU Ceará 192 faz parte da nova rede de urgência e emergência do Ceará, formada ainda por 25 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) já em funcionamento em diferentes regiões e municípios cearenses. Com a nova rede, o governo do Estado assegura mais acesso aos serviços de saúde de dia e noite já que o SAMU e as UPAs não fecham nunca. Funcionam todos os dias, às 24 horas, inclusive aos feriados.

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara