Fórum mobiliza gestores para avaliação de tecnologias em saúde

30 de junho de 2014

Com o objetivo de sensibilizar os gestores das unidades para a relevância da Avaliação de Tecnologias em Saúde e favorecer a implantação e fortalecimento institucional para a atuação de grupos de trabalho de ATS, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) realiza nesta terça-feira (1º), o I Fórum Estadual em Avaliação de Tecnologias em Saúde para Gestores da Rede Sesa. O evento acontece das 08 horas às 17 horas, no Hotel Mareiro (Avenida Beira Mar, 2380, Meireles). Destinado a gestores de hospitais e das unidades da rede pública de saúde, profissionais dos Núcleos de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS) e centros de pesquisa em saúde, o fórum apresentará painéis sobre a Política Nacional e Gestão de Tecnologia em Saúde, Incorporação de Tecnologias em Saúde no SUS, diretrizes metodológicas para ATS, entre outros que serão apresentados por técnicos do Ministério da Saúde e da Sesa.

A Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) é um processo de investigação das conseqüências clínicas, econômicas e sociais da utilização das tecnologias em saúde, levando-se em consideração aspectos como eficácia, efetividade, segurança, custos, custo-efetividade, entre outros. Entendem-se como tecnologias em saúde os medicamentos, equipamentos e procedimentos técnicos, sistemas organizacionais, educacionais, de informação e de suporte e os programas e protocolos assistenciais, por meio dos quais a atenção e os cuidados com a saúde são prestados à população. O objetivo principal da ATS é auxiliar os gestores na tomada de decisões coerentes e racionais quanto à incorporação de tecnologias em saúde.

O Centro de Estudos em Gestão e Avaliação de Tecnologias em Saúde foi criado em 2012 no âmbito da Secretaria da Saúde do Estado com a missão de fomentar e apoiar os Núcleos de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS) nas unidades da Sesa e proceder a avaliações tecnológicas para incorporação de produtos e processos pelos gestores e profissionais de saúde do SUS. Reúne representantes dos NATS do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), todos da rede pública estadual de saúde, e, ainda, o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), da Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Centro de Estudos e Informação sobre Medicamentos (CEIMED), da Sesa. Dessas instituições, o HGF, o HM e o Hospital Universitário são membros da Rede Brasileira de Centro de Estudos em Gestão e Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS).

Instituída em dezembro de 2009 para ?maximizar os benefícios de saúde a serem obtidos com os recursos disponíveis, assegurando o acesso da população a tecnologias efetivas e em condições de equidade?, a Política Nacional de Gestão de Tecnologia em Saúde é a institucionalização, nas esferas de gestão do SUS, dos processos de avaliação e de incorporação de tecnologias baseados na análise das consequências e dos custos para o sistema de saúde e para a população. No Ceará, essa atribuição cabe ao Centro de Estudos em Gestão e Avaliação de Tecnologias em Saúde.

30.06.2014

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara