Prevenção da Aids: Faça o teste gratuito na FIFA Fan Fest nesta quinta-feira (26)

26 de junho de 2014

Prevenir, com zero infecção por HIV, zero discriminação e zero morte relacionada à Aids. Esse é o placar proposto pela campanha Proteja o Gol convocado pelo Programa das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) e pelo Ministério da Saúde nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo e que é realizada em Fortaleza pelas Secretaria da Saúde do Estado e pela Secretaria Municipal de Saúde da capital. Durante a campanha, nesse período do mundial de futebol, estão sendo distribuídos 220 mil preservativos e realizados testes rápidos para HIV durante a FIFA Fan Fest no Aterro da Praia de Iracema.  Foram realizados nos dias 18, 22, 25 e serão feitos também nesta quinta-feira (26). Local: vizinho ao Posto Médico Avançado, que fica na Avenida Historiador Raimundo Girão com a Avenida Rui Barbosa.

Com foco na prevenção e no diagnóstico precoce de HIV, a campanha Proteja o Gol em Fortaleza selecionou 20 voluntários entre estudantes de medicina e enfermagem da Unifor e da Faculdade Christus para a mobilização de torcedores e do público da Fan Fest. São distribuídas senhas aos interessados, das 12 às 16 horas, na sala de apoio das coordenações de controle da Aids do Estado e de Fortaleza, na arena montada no Aterro da Praia de Iracema.

A testagem rápida para HIV é feita a partir da coleta de uma pequena quantidade de sangue da ponta do dedo. Os exames, colocados em um dispositivo de testagem, dão o resultado minutos depois. Dependendo do diagnóstico, os encaminhamentos para os serviços de atendimento em doenças sexualmente transmissíveis já são feitos na hora. O resultado do teste rápido tem a mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição em laboratório.

A sala de apoio da campanha também conta com enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais que ficam à disposição do público para orientações e esclarecimento de dúvidas sobre HIV, Aids e outros doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). A aids é uma doença causada pelo vírus HIV e que é transmitida através da troca de secreções (sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno) entre uma pessoa infectada e uma pessoa sadia, em situações como relações sexuais desprotegidas ou transfusões de sangue. Por isso, hábitos simples como o uso do preservativo durante o sexo e a utilização de seringas e agulhas descartáveis são a melhor forma para evitar a transmissão do vírus.

26.06.2014

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá /  ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara