Porto Iracema das Artes inicia atividades do Ano Escolar 2014

6 de junho de 2014

Com a abertura das inscrições dos diversos processos seletivos para os programas de formação, o Porto Iracema das Artes lança o Ano Escolar 2014, cujas aulas iniciam no dia 01 de agosto. Durante coletiva de imprensa, o presidente do Instituto de Arte e Cultura do Ceará Paulo Linhares e a Diretora de Formação Bete Jaguaribe apresentaram o programa. A programação da Escola para 2014 prevê a oferta de 4.870 matrículas, distribuídas em cursos, laboratórios, workshops, seminários e masterclass, com investimentos da ordem de R$ 8 milhões do tesouro estadual.

O Porto Iracema das Artes chega ao segundo ano escolar com resultados que superaram todas as expectativas. “Este primeiro ano do Porto Iracema das Artes confirmou a ideia que guia o projeto que nos trouxe para a direção do Centro Dragão do Mar, em 2012: um projeto guiado na perspectiva de fortalecer o campo cultural do Ceará, numa articulação entre formação, criação e difusão. Os projetos que realizamos neste período indicam que é possível formar realizadores e um público capaz de manter nossos artistas no estado, mas num nível de excelência conceitual que os coloque numa conexão com o país e com a esfera internacional das artes”- observa o presidente do Centro Dragão do Mar, Paulo Linhares.

 

Resultados e novas rotas

Visando se constituir como um ancoradouro de ideais e projetos culturais, em 2013 o Porto Iracema das Artes formou 1.937 alunos no Programa de Formação Básica, que percorreram percursos formativos nas linguagens de Audiovisual/Música, Artes Cênicas e Artes Visuais, em cursos como Cenografia, Câmera de Vídeo, Fotografia, Interpretação para Tv, Cenotecnia, edição, entre outros. Estes jovens já se encaminham para o mercado de trabalho, através de empregos formais e de articulações de coletivos criativos. Exemplo deste movimento é o Coletivo de Cenografia/Cenotecnia , constituído pelos alunos Gabriel Mota, Jersey Oliveira, Pedro Pinheiro, Walancy Fernandes, Geórgia Nara, que já entraram no mercado de  trabalho, fazendo cenografias de peças de teatro, cinema, festas. O aluno Pedro Pinheiro, que entrou no campo das artes a partir do Porto Iracema, já iniciou trajetória de premiação: este ano ele ganhou o Prêmio Melhor cenografia no 18º FESFORT – Festival de Esquete de Fortaleza.

No âmbito dos Laboratórios de Criação, os resultados são expressos nas peças de teatro e nos shows musicais que já iniciam trajetórias de circulação. Um exemplo disto é o espetáculo “Caio e Leo” (com Ari Areia e Tavares Neto), que realizou temporada de casa cheia no Teatro Emiliano Queiroz e que entra em cartaz no Teatro do Dragão do Mar, neste mês de férias. O Laboratório de Música desenvolveu cinco shows musicais, que se transformaram em CD e DVD, a serem lançados em setembro/2014. Os 20 produtos gerados no primeiro ano dos Laboratórios de Criação foram apresentados na MALOCA-Dragão, evento que reuniu mais de 70 espetáculos no último mês de abril.

 

O Calendário 2014 prevê novos percursos

Com base na experiência de 2013 e a partir da avaliação dos programas realizados, foram inseridos novos programas. No âmbito do Programa de Cursos Básicos, 02 novos percursos foram inseridos: Narrativas, Artes Urbanas e Produção ( com foco nas áreas de produção). O Programa de Produção será conduzido com forte ênfase nas áreas específicas (música, cinema, artes visuais, teatro), na perspectiva de superar as práticas generalistas da produção cultural do estado. O Programa, cujas inscrições começam no início de julho, será desenvolvido tendo como guia a metodologia de projetos. No caso, os estudos serão realizados em torno dos projetos já desenvolvidos nos Laboratórios de Criação-2013. A ideia é que, no âmbito dos novos percursos de produção, sejam construídas trajetórias de circulação para os referidos projetos. A primeira área que será contemplada será a de música.

O novo Programa de Narrativas será iniciado, ampliando assim o campo de formação em dramaturgia, já iniciado com o Laboratório de TV, em 2013. Com 05 séries de TV em desenvolvimento e em processo de construção de parcerias para execução, o novo Programa incluirá formação em teatro e literatura, além do novo Laboratório de Cinema, que será conduzido pelos cineastas Karim Ainouz, Sérgio Machado e Marcelo Gomes.

 

CRONOGRAMA DO ANO ESCOLAR 2014 PORTO IRACEMA DAS ARTES

PROCESSO SELETIVO LABORATÓRIOS DE CRIAÇÃO – 2014

PROCESSO SELETIVO

2014

Laboratório

Cinema

 Laboratório Pesq. Teatral

Laboratório Artes Visuais

 Laboratório Música

Período de Inscrições

 06/06 a 06/07

 06/06 a 06/07

 06/06 a 06/07

 06/06 a 06/07

Etapa 1: Análise das Informações

 07 a 10/07

 07 a 10/07

 07 a 10/07

 07 a 10/07

Etapa 2: Avaliação técnica

11 a 18/07

11 a 18/07

11 a 18/07

11 a 18/07

Divulgação dos projetos p/ Etapa 3

21/07

21/07

21/07

21/07

Etapa 3: Demonstração presencial

 28 e 29/07

 23 a 25/07

 23 a 25/07

 26 e 27/07

Resultado final dos projetos

30/07

25/07

25/07

28/07

Período para recurso

31/07 a 06/08

28/07 a 01/08

28/07 a 01/08

28/07 a 01/08

   PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO BÁSICA – 2014

PROCESSO SELETIVO

2014

Cursos Básicos

Período de Inscrições

 09 a 22 junho

Seleção

 23 a 26 de junho

Matrícula

27 e 28 de junho

Aula Magna

30/junho

Os Laboratórios de Criação envolverão diretamente 50 profissionais com direito a bolsa de estudos, para o aperfeiçoamento de 20 projetos culturais. Além dos 50 profissionais diretamente envolvidos, serão ofertadas 1.200 matrículas em workshops e masterclass, envolvendo outros públicos no programa de formação dos Laboratórios. As inscrições para os laboratórios estarão abertas a partir de hoje, dia 06 de junho.

A partir do dia 09 de julho estarão abertas as inscrições para o Programa de Formação Básica. Em 2014, com 2.400 matrículas, em 120 cursos, nas áreas do audiovisual, teatro, dança, artes visuais, gestão e produção cultural. Os Cursos Técnicos de Dança e Animação para Games continuam suas atividades, envolvendo 70 alunos. A primeira oferta dos Cursos Básicos envolve 450 matrículas para 18 cursos, nas três áreas de formação: Artes Cênicas (7), Artes Visuais e Multimídia (6), Audiovisual e Música (5). Serão cursos modulares que iniciam 16 Percursos Formativos, além de dois cursos complementares ( Vídeo Mapping e História da Arte). As formações serão desenvolvidas tendo como guia a metodologia de projetos. No caso, os estudos serão realizados em torno dos projetos já explicitados no ato da inscrição ( curta-metragem em vídeo, cenários, figurinos, etc), o que assegura a experiência estética, um dos conceitos fundantes e estratégicos do Porto Iracema das Artes.

O Programa Porto do Conhecimento, por sua vez, ofertará 1.200 vagas em encontros de intercâmbios de experiências estéticas e teóricas. No total, os programas de formação gerarão 4.870 matrículas, no período JULHO/DEZEMBRO de 2014.

 

NOVAS COORDENAÇÕES

         No Ano Letivo 2014, três novos profissionais foram incorporados ao projeto: Coordenadora do Laboratórios de Música e Teatro, além da Coordenação dos Cursos Básicos de Teatro. As novas Coordenações são as seguintes:

 

Laboratório de Música:

Mona Gadelha, Cantora, compositora, jornalista e produtora cearense. Lançou sete CDs (Mona Gadelha, Movieplay, 1996; Cenas & Dramas, Eldorado, 2000; Tudo se Move, Brazilbizz, 2004; Salve a Beleza, Brazilbizz, 2010; Praia Lírica, um tributo à canção cearense dos anos 70, Brazilbizz, 2011; e Cidade Blues Rock nas Ruas, Brazilbizz, 2013, este também em CD ao vivo e DVD, Brazilbizz, 2014), a maioria com repertório de sua autoria. Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará e pós-graduada em Globalização e Cultura pela Fundação Escola de Sociologia de São Paulo. Foi coordenadora do Ponto de Cultura “Memórias do Olhar”, em Poá, SP. Realizou inúmeros shows nas capitais do país e exterior, além de projetos envolvendo as linguagens da música e da literatura, como “Iracema – do Épico ao Pop”, “O Dom do Ciúme” e “A Canção em Drummond, Bandeira e Pessoa”, apresentados na rede SESC São Paulo e eventos literários. É autora do perfil biográfico de José de Alencar, Edições FDR, coleção Terra Bárbara. Foi palestrante do Womex 2002, realizado em Sevilha, Espanha, com o tema “Como a música transforma a vida de jovens em situação de exclusão no Brasil”. Criou seu próprio sele e produtora, Brazilbizz, realizando inúmeros projetos (Jazz na Caixa, SP; trilhas ao vivo na 27ª Mostra de Cinema de São Paulo; publicações e exposições). No jornalismo, atuou no Jornal O Povo e foi editora do Jornal Meio e Mensagem, em São Paulo. Criou e apresentou o programa de rádio “Música do Planeta Terra” (FM Universitária). Ganhou o I Concurso de Contos Femininos do Jornal O Povo, escolhida por Moreira Campos  (1980). Com atuação na cena independente brasileira, se estabeleceu em São Paulo nas últimas duas décadas. Nos últimos dois anos, estendeu suas temporadas em Fortaleza, onde gravou seu primeiro DVD e CD ao vivo. Escreveu artigo sobre o LP Pessoal do Ceará no livro “1973, o ano que reinventou a MPB”, Sonora Editora, 2014.

 

Laboratório de Teatro – Juliana Carvalho

Juliana Carvalho é atriz, diretora e pesquisadora em teatro. Com graduação e mestrado em psicologia, atualmente cursa o doutorado em Teatro na Universidade Federal da Bahia, pesquisando algumas personagens femininas do teatro de Nelson Rodrigues. Como atriz também transita pelo mundo do cinema; um de seus últimos trabalhos nessa área foi o premiado Mãe e Filha, de Petrus Cariry. Além de seus trabalhos artísticos, Juliana Carvalho tem um longo percurso na área da educação informal de jovens, na qual atuou intensamente através terceiro setor, em ONG’s que trabalhavam em prol do desenvolvimento sustentável e também da educomunicação.

 

Coordenação de Teatro:

Maria Vitória Freitas é atriz, bonequeira, produtora, dramaturga e arte-educadora. É licenciada em letras pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia. Integra o Grupo Formosura de Teatro, desenvolvendo atividades de montagem, pesquisa e formação em teatro e teatro de bonecos. Foi dramaturga e atriz do espetáculo Heróis de Papelão, que trata da das condições de vida dos catadores de lixo. Atualmente está envolvida como atriz na montagem do espetáculo Frei Tito: Vida, Paixão e Morte.

06.06.2014

Assessoria de Comunicação e Marketing
Instituto Dragão do Mar
Telefones: 85 3488.8617/ 8733.8829