Segurança hídrica: Cid Gomes inaugura açude e adutora nesta quinta-feira (12)

12 de setembro de 2013

A população de Itapipoca  e Coreaú comemoram nesta quinta-feira (12) duas obras que asseguram o abastecimento de água nos dois municípios e áreas vizinhas. O governador Cid Gomes inaugurou em Itapipoca o açude e barragem Gameleira. A obra aumentará três vezes a capacidade de acúmulo de água em Itapipoca, beneficiando mais de 115 mil pessoas que vivem no município de Itapipoca, Litoral Oeste do Estado. Foram investidos R$ 40 milhões, em recursos do Progerirh, financiado pelo Banco Mundial (R$ 18 milhões), e Governo do Estado, que investiu cerca de R$ 22 milhões. O Gameleira, que já acumula água das chuvas deste ano caídas na região litorânea do Ceará, tem uma capacidade de acumulação de 52,64  milhões de metros cúbicos de água.

açude1O açude é uma obra do Governo do Estado do Ceará, sob responsabilidade da Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), e tem como objetivo principal suprir a demanda de água para abastecimento público da sede do município de Itapipoca, e das comunidades rurais nas suas proximidades. O projeto de construção do açude Gameleira ainda conta com a construção de uma agrovila para o reassentamento das famílias afetadas pelo empreendimento. Essa etapa do projeto foi orçada em mais de R$ 1 milhão. A agrovila contará com infraestrutura de estradas, saneamento, escola, posto de saúde, área de lazer, bem como o abastecimento de água e energia elétrica.

 

 

 

 

 

açude2Coreaú

Em Coreaú, o Governador entregou à população a adutora emergencial de 8 km de extensão que atenderá os municípios de Coreaú e Moraújo, cidades do Interior do estado que juntas, de acordo com o IBGE, têm cerca de 31 mil habitantes. A adutora irá abastecer as duas sedes municipais. O investimento na obra foi de R$ 1.483.518,91. O projeto, gerenciado pela Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH) e executado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos, contempla a construção de uma adutora emergencial de engate rápido utilizando como ponto de partida o balneário localizado na margem do leito perenizado do Rio Coreaú, em Moraújo-Ce. Todo o projeto foi executado em 60 dias.

Para garantir o abastecimento dos municípios envolvidos na operação, a adutora percorre, a partir do balneário, uma distância de 0,8 km em uma tubulação de diâmetro de 300mm até a CE-364. A partir da rodovia a tubulação da adutora é reduzida para um diâmetro de 200 mm, seguindo até o ponto de captação da Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece) no açude Várzea da Volta, no município de Coreaú.

12.09.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado com informações da SRH e Cogerh
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br – 85 3466.4898