Secretaria da Saúde alerta para uso racional de medicamentos no Dia da Farmácia

5 de setembro de 2013

No dia em que os profissionais da saúde comemoram o Dia da Farmácia, em 05 de setembro, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) aproveita a data para informar e alertar a população sobre o uso racional de medicamentos e ainda reconhecer a importância dos farmacêuticos na saúde pública. Através da cartilha, intitulada “Informação é o melhor remédio”, a Coordenadoria de Assistência Farmacêutica da Sesa ensina a usar e conservar os medicamentos corretamente ( acesse na íntegra no www.saude.ce.gov.br ).

As dicas de como usar os medicamentos são claras. Entre as mais importantes está o perigo de aumentar a dose do remédio por conta própria. Aumentar a dose, ao invés de trazer efeito mais rápido aumenta o risco de intoxicação e efeitos adversos. Até medicamentos para dor ou febre podem causar danos ao estômago, rins e fígado se não tomados corretamente. No folder, a advertência de que “o que serve para seu vizinho não serve, necessariamente, para você”. A idade, peso e doença de cada pessoa são levados em conta na hora do médicos prescreverem os medicamentos e as dosagens. “Não respeitar a dose e o horário de tomar indicado pelo médico na hora da consulta pode impedir o medicamento de agir corretamente”, destaca a cartilha.

O farmacêutico, coordenador de assistência farmacêutica do Estado, Marco Aurélio Schramm, afirma que “medicamento não é brinquedo. É preciso manter qualquer remédio longe das crianças e animais domésticos”. Ele observa que “é preciso escolher um local seguro, longe do calor e umidade, nunca no banheiro, na hora de guardar os medicamentos”. Outra dica importante para evitar troca de medicamentos, segundo Marco Schramm, é não tirar os remédios da embalagem original. Ainda para evitar confusões entre um e outro medicamento, principalmente as pessoas com crônicas que usam uma diversidade maior de remédios, ele recomenda identificar e reconhecer pelo nome e não pelas cores ou embalagens.

Outras dicas da cartilha que ninguém pode esquecer: o prazo de validade tem que ser sempre observado e nunca reaproveitar frascos de medicamentos para guardar outras substâncias. Para as mulheres que estão amamentando a cartilha traz um recado direto: devem procurar orientação médica antes de tomar qualquer medicamento para evitar problemas para o bebê. Marco Schramm finaliza afirmando que “o uso incorreto pode transformar um medicamento em veneno”.

05.09.2013

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá /  ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara