Centro de Formação Olímpica será referência esportiva no Brasil

15 de Maio de 2013

Já está marcada para o dia 26 de junho, às 9 horas, na Central de Licitações, o início do processo para construção do Centro de Formação Olímpica (CFO).  O objetivo do CFO  é  formar atletas de alto nível e será um dos mais completos do Brasil. O complexo, com área total de 85 mil metros quadrados, será implantado em frente ao Estádio Plácido Castelo, o Castelão.  A data da licitação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), da última quinta-feira (09).

O Centro permitirá a prática de 27 modalidades esportivas existentes, atualmente, nas Olimpíadas. Além do ginásio poliesportivo coberto, de padrão internacional, para receber 17 mil espectadores, o CFO contará com um hotel para atender até 262 pessoas, praça de alimentação, alojamento para até 150 atletas, pista de atletismo, campo de futebol, piscinas olímpicas, entre outras. O empreendimento contará ainda com passarela para pedestre que o ligará diretamente a Arena Castelão.

Para o Superintendente do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), Quintino Vieira, o objetivo do CFO é transformar o Estado em um celeiro de atletas de alto rendimento, visando principalmente os Jogos Olímpicos em 2016. A obra será supervisionada pelo DAE, órgão vinculado a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra).

Por ser um Regime Diferenciado de Contratações – RDC, as construtoras interessadas devem comparecer na Central de Licitações do Estado, no Centro Administrativo Bárbara de Alencar. O edital está disponível  na Central de Licitações, munido de um CD virgem ou pela Internet no site www.seplag.ce.gov.br.

15.05.2013

Assessoria de Comunicação do DAE

Carla Vieira / Daniela Negreiros (daniela.negreiros@dae.ce.gov.br / 85 3487.8844)