Pelo quarto mês consecutivo cai o número de óbitos nas estradas em 2013

8 de Maio de 2013

O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) registrou, pelo quarto mês consecutivo, redução no número de mortes nas estradas fiscalizadas pela corporação. A redução dos quatro meses chega a 18,66%, se comparada a igual período em 2012. Em janeiro foram registrados 25 óbitos contra 35 em igual período em 2012; já em fevereiro, houve redução para 21 registros contra 34 em fevereiro de 2012; março registrou 24 vítimas fatais contra 25 em março de 2012; em abril, o BPRE registrou 39 vítimas, contra 40 em igual período em 2012. O total de vítimas nas estradas nos quatro meses soma 109 em 2013, contra 134 em 2012.

Também houve redução de 3,08% no número de vítimas em acidentes envolvendo motocicletas nos quatro primeiros meses de 2013, se comparado a igual período em 2012, sendo 63 entre janeiro e abril deste ano contra 65 em 2012. Outra redução registrada pelo BPRE foi o número de vítimas sem capacete em acidentes envolvendo motos: 13,04%.

A melhoria nos números, de acordo com o comandante do BPRE, Ten. Cel. Tulio Studart, se deve a dois fatores: “O BPRE aumentou o número de fiscalizações em parceria com o Detran tanto nas estradas estaduais como dentro de Fortaleza. Além disso, há o maior rigor da Lei Seca, onde desde
janeiro a tolerância é zero”, afirma.

Lei Seca

Pelo quarto mês consecutivo a BPRE registrou aumento no número de autuações e prisões pela Lei Seca. Enquanto o número de autuações subiu 29% nos quatro primeiros meses deste ano, o número de prisões subiu 85% no quadrimestre.

Pelo artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, foram efetuadas 213 prisões entre janeiro e abril de 2013 contra 115 em igual período em 2012. Em janeiro deste ano foram 43 prisões contra 22 em janeiro de 2012; em fevereiro de 2013 foram 67 contra 29 em igual período do ano passado; já no mês de março foram 57 prisões contra 19 em março de 2012; e o mês de abril fechou com 46 prisões, contra 45 em abril de 2012. Por este artigo da Lei Seca, é considerada crime a concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a seis decigramas. Além da prisão, o motorista será apenado com multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Pelo artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro, foram efetuadas 2.244 prisões entre janeiro e abril deste ano contra 1.744 nos quatro primeiros meses de 2012. O mês que registrou maior número de autuações foi abril deste ano, com 898 registros contra 625 em igual período de 2012. Em janeiro foram autuadas 369 pessoas, contra 311 em janeiro de 2012; em fevereiro foram 458 contra 266 em fevereiro de 2012; já em março foram 513 atuações contra 542 em março de 2012.

Apreensões

O BPRE também registrou aumento no número de apreensões no quadrimestre. Entre os acréscimos está o número de veículos apreendidos: entre janeiro e abril foram apreendidos 6.775 veículos contra 5.697 em igual período em 2012 (aumento de 18,92%).

Também houve aumento no número de apreensões de drogas em blitze/barreiras: 27kg entre janeiro e abril deste ano, contra 20kg em igual período do ano passado (aumento de 35%). O número de apreensão de armas nessas blitze também aumentou nesses quatro meses: 42 neste ano contra 32 entre janeiro e abril de 2012 (aumento de 31,25%).

Mais Informações: Cel Túlio Studart – Comandante do BPRE: (85) 8878.0264

08.05.2013

Assessoria de Comunicação – ASCOM/SSPDS

Henrique Silvestre (85 3101.6517 – 6518 – 6519)

Twitter: @sspdsce