Pesquisa apoiada pela Funcap será apresentada em congresso internacional de urologia

18 de maio de 2012

O trabalho  “The association of tamsulosin and daily tadalafil for the treatment of lower urinary tract symptoms is safe and effective?” (“A associação de tansulosina e tadalafil diária para o tratamento de sintomas do trato urinário é segura e eficaz?”, em livre tradução) será apresentado na sessão moderada de pôsteres do Annual Congress of Urology of American Urological Association (AUA). O evento, que é um dos mais prestigiados mundialmente na área de urologia, será realizado entre os dias 19 e 23 de maio em Atlanta, nos Estados Unidos.

A pesquisa é resultante do projeto “Efeito dos fármacos inibidores da fosfodiesterase no trato urinário inferior”, financiado desde 2010 pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) através de Bolsa de  Desenvolvimento Científico Regional, e foi  realizada com interação multidisciplinar entre o Departamento de Cirurgia e o Departamento de Farmacologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). O trabalho foi coordenado pelo pesquisador Ricardo Reges Maia de Oliveira, doutor em Ciências da Cirurgia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Segundo Reges, aprovar uma pesquisa nesse encontro significa o reconhecimento de uma seleta banca internacional de grandes especialistas nas doenças da próstata. “Sabemos que o mundo inteiro manda trabalhos para esse evento e existe espaço muito limitado. Portanto, a aceitação de nossa pesquisa é motivo de grande satisfação”, afirmou o pesquisador.

 

Sobre a pesquisa

A hiperplasia prostática benigna (condição médica caracterizada pelo aumento benigno da próstata)  é a doença mais comum do trato urinário em pacientes idosos. A disfunção erétil é também uma doença que prevalece em pacientes com idade avançada. Recentemente, foi estabelecida uma associação entre as duas enfermidades.

O trabalho teve como objetivo avaliar se a combinação diária de tansulosina (utilizada no tratamento da hiperplasia prostática benigna) com tadalafil (utilizado para combater a disfunção erétil) é segura, e analisar, através de estudo urodinâmico, seu efeito sobre o  trato urinário.

O ensaio clínico foi realizado de outubro de 2010 a setembro de 2011. Os pacientes foram separados em dois grupos de 20 pessoas com idade similar (61,6 anos no primeiro grupo e  59, 2 anos no segundo), sendo um deles tratado diariamente com taladafil e  tansulosina, enquanto o outro recebia tansulosina e placebo.

Ao final do estudo, os pesquisadores concluíram que a combinação diária de tansulosina  e taladafil é segura, além de ser mais eficiente do que o uso isolado de tansulosina para tratar pacientes com sintomas do trato urinário associados à hiperplasia prostática benigna.

 

18.05.2012

Assessoria de Comunicação da Funcap

Giselle Soares (85 3275.9629)

Twitter: @FuncapCE