Bacias Hidrográficas do Ceará apresentam volume confortável de armazenamento

11 de maio de 2012

Das 12 Bacias Hidrográficas monitoradas pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), onde estão localizados 138 açudes cearenses, 11 estão com volume satisfatório. A Bacia Hidrográfica que apresenta maior volume é a Bacia do Alto Jaguaribe, que atende os municípios de Arneiroz, Aiuaba, Assaré, Antonina do Norte, Quixelô, Tauá, Cariús, Orós, Parambu, Potengi, Campos Sales, Acopiara, Catarina, Iguatu e Altaneira. A Bacia está com 94,18% da sua capacidade total, índice maior do que o apresentado no início do ano (89,61%). Atualmente a bacia apresenta um volume de 2.442.741.305m3 (dois bilhões, quatrocentos e quarenta e dois milhões, setecentos e quarenta e um mil e trezentos e cinco metros cúbicos).

Outras seis bacias hidrográficas apresentam volume acima de 60%, dentre elas a Bacia Metropolitana, que apresenta atualmente um volume de 792.432.512m3 (setecentos e noventa e dois milhões, quatrocentos e trinta e dois mil e quinhentos e doze metros cúbicos). A Bacia atende e beneficia cerca de 3,5 milhões de habitantes, 90% das indústrias e o Complexo Portuário do Pecém.

Apesar da diferença apresentada entre os volumes armazenados, os técnicos da Companhia da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos garantem a segurança hídrica para consumo humano, industrial e de outros usos.

 

Açude Junco

Apesar da queda de 50% no volume de chuva em relação à média histórica do estado, o açude Junco, localizado no município de Granjeiro, continua sangrando. Estão próximos de sangrar os açudes Muquém (99,50%), no município de Cariús, Rosário (96,10%), no município de Lavras da Mangabeira, e Ubaldinho (98,70%), localizado no município de Cedro.

 

11.05.2012

Assessoria de Comunicação da Cogerh

Leonardo Meireles ( ascom@cogerh.com.br / 85 3218.7025 – 3218.7024)

Twitter: @Cogerh_ce