Comunidade acadêmica discutirá Plano de Ação em CT&I

12 de Maio de 2011

A comunidade acadêmica conhecerá os detalhes do documento que vai estabelecer, até o ano de 2020, uma orientação para a atuação dos órgãos envolvidos com Ciência, Tecnologia e Inovação, área determinante para o desenvolvimento do Estado. A apresentação da versão preliminar do Plano de Ação em CT&I para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará será nesta sexta-feira (13/05), às 9 horas, na Funcap (Av. Oliveira Paiva, 941 – Cidade dos Funcionários).

 

O plano já foi submetido à apreciação do Conselho Estadual de CT&I, em reunião realizada em abril. Agora sua apresentação está sendo direcionada às diversas esferas envolvidas na área para coleta de sugestões, para aprovação final do Plano ainda neste semestre. “A ideia é promover um debate em torno da versão proposta do Plano, no qual os resultados deverão enriquecer seu conteúdo”, comenta René Barreira, secretário da Secitece e vice-presidente do Conselho Estadual que é presidido pelo governador Cid Gomes.

 

Para o secretário, “um dos maiores desafios do Plano é ser capaz de transformar o estado d’arte da CT&I no Estado, trazendo avanços e conquistas para as instituições cearenses, inclusive no âmbito nacional”. A ideia é que documento funcione como um “plano operativo que terá estratégias de ação, com definição de orçamentos e metas, garantindo quais instituições devem estar a frente de cada uma dessas ações, programas e projetos”.

 

De acordo com o secretário adjunto da Secitece, Almir Bittencourt, “o documento traz objetivos estratégicos, com elementos norteadores de uma ação política coordenada dentro de uma visão macro, que certamente irá mudar o futuro do Ceará”. O adjunto da Secitece destacou os avanços recentes do Estado, como a criação da Lei de Inovação, iniciativa pioneira do Ceará, e os avanços significativos em relação aos investimentos do governo estadual na área. Atualmente, o Ceará é o segundo lugar no Nordeste em volume de investimentos, perdendo apenas para a Bahia. “Tudo isso indica um esforço do governo do Estado e o reconhecimento da importância da CT&I”, comenta Almir.

 

No documento são contempladas as opções estratégicas e que deverão orientar a formulação de Programas, Projetos e Ações, quando da elaboração do Planejamento Plurianual Participativo (PPA), do governo estadual. O documento foi elaborado por um grupo de trabalho coordenado pelo secretário René Barreira, e o secretário-adjunto da Secitece, Almir Bittencourt.

 

A versão preliminar está disponível para consulta no site da Secitece. Comentários e sugestões podem ser enviados para o e-mail sct@sct.ce.gov.br

 

 

12.05.2011

Assessora de Comunicação da SECITECE
Simplícia Vianna (plicia@a2online.com.br / 3101.6466)