23 açudes sangram no Ceará

12 de Abril de 2011

Dos 134 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) em parceria com o Departamento Nacional de Obras Conta Secas (Dnocs), 29 já sangraram em 2011, o último foi o Açude Frios, no município de Umirim, pertencente a Bacia do Curu, que  ultrapassou a sua capacidade máxima, nesta segunda-feira (11). Nesta terça-feira (12), 23 açudes continuam sangrando.

 

Dezessete reservatórios estão acima de 90% e sete acima de 80%. A situação das 11 Bacias que compõem o Estado do Ceará, encontra-se no  momento com os seguintes percentuais de acúmulo:

 

Bacia do Alto Jaguaribe – 18 Açudes – 83,73%
Bacia do Salgado – 14 Açudes – 7 5,56%
Bacia do Banabuiú – 18 Açudes – 62,08%
Bacia do Médio Jaguaribe – 13 Açudes – 70,18%
Bacia do Baixo Jaguaribe – 01 Açude – 100,00%
Bacia do Acaraú – 13 Açudes – 65,86%
Bacia do Coreaú – 09 Açudes – 93,59%
Bacia do Curu – 13 Açudes – 62,22%
Bacia do Parnaíba – 10 Açudes –  68,35%
Bacias Metropolitanas – 18 Açudes – 65,29%
Bacia do Litoral – 07 Açudes – 90,83%

 

O acúmulo total encontra-se com 12.721.927.834 metros cúbicos, dos 18.073.965.477 metros cúbicos da capacidade total do Estado, o que representa 70,39%.

12.04.2011

Assessoria de Imprensa da Cogerh

Vanja Boaventura (vanja.boaventura@cogerh.com.br / 3218.7024 / 8895.9225).