Empresas apresentam propostas comerciais para estudos da Linha Leste do Metrô

23 de julho de 2010

As empresas MWH Brasil – Engenharia e Projetos Ltda e a EBEI –Empresa Brasileira de Engenharia de Infraestrutura Limitada apresentaram nesta sexta-feira (23) à Comissão Central de Concorrências da Procuradoria Geral do Estado (PGE) as propostas comerciais para a realização dos estudos básicos da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. A MWH propôs R$ 4.966.974,50  e a EBEI R$ 4.989.466,46. As propostas seguirão agora para Seinfra para analise. Ambas as empresa já tiveram suas propostas técnicas aprovadas.

A Linha Leste ferroviária fará a ligação entre a Estação Central Xico da Silva, no Centro a Unifor, passando pela Santos Dumont, Sebastião de Abreu, Washington Soares, no bairro de Edson Queiroz, percorrendo cerca de 10 quilômetros, o que deverá resultar em melhorias significativas no tráfego de veículos naquelas áreas de Fortaleza. O Metrô será todo subterrâneo.

O estudo para a expansão do sistema de transporte de passageiros na região leste de Fortaleza e deverá estar concluído num prazo de três meses a partir da contratação dos serviços. A empresa vencedora deverá apresentar os projetos de instalações hidráulicas, eletro-mecânicas edificações, sistema viário, sistemas fixos, ventilação e material rodante.

A proposta deverá determinar o seguinte trajeto: Estação Xico da Silva (de onde partem também as linhas Sul e Oeste do Metrô de Fortaleza) com destino à avenida Santos Dumont, no bairro da Aldeota, passando pelo Colégio Militar e seguindo até o bairro do Papicu, nas proximidades do Hospital Geral de Fortaleza, pelo bairro de Cidade 2000 e dali alcançando o Centro de Eventos do Ceará (CEC) e a Universidade de Fortaleza, no bairro de Edson Queiroz.  

23.07.2010
Assessoria de Imprensa da Seinfra:
José Milton/Luiz Guedes (josemilton.rocha@ce.gov.br 85 31013763)


LUIZ GUEDES NETO