Ceará vai realizar fase II do teste do pezinho

16 de julho de 2010

Nesta semana, as Secretarias da Saúde do Ceará e do Mato Grosso receberam autorização do Ministério da Saúde para realizar a fase II do teste do pezinho em crianças recém-nascidas. A Portaria nº 1.855, de 12 de julho de 2010, foi publicada no Diário Oficial da União. Aqui no Ceará, o Programa Estadual de Triagem Neonatal já executa os exames da fase I, que identificam o hipotireoidismo congênito e a fenilcetonúria. Agora, as novas análises vão pesquisar também as hemoglobinopatias, incluindo as anemias falciformes.

 

Desde maio deste ano, uma outra portaria, dessa vez do Governo do Estado, instituiu o Hemoce como responsável pela coordenação do Programa Estadual de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Falciformes e Outras Hemoglobinopatias. Esse atendimento para crianças e adolescentes é feito no Hospital Infantil Albert Sabin, que agora também fica credenciado pelo Ministério da Saúde para realizar a fase II do teste do pezinho. O recurso financeiro anual estabelecido para a execução do exame é de R$ 834.298,60, a ser incorporado ao Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade do Governo Federal, partindo do Fundo Nacional de Saúde.

16.07.2010

 

Assessora de Imprensa do Hemoce:

Sabrina Lima (sabrina.lima@hemoce.ce.gov.br/3101.2308)