Número de transplantes cresce no primeiro semestre de 2010

5 de julho de 2010

O número de transplantes realizados no Ceará aumentou no primeiro semestre de 2010 em relação ao mesmo período do ano passado. Até o dia 30 de junho deste ano, a Central de Transplantes da Secretaria da Saúde do Estado registrou a realização de 401 transplantes no Estado, sete a mais que os 394 realizados até a mesma data no ano passado. Ano a ano o Estado vem registrando recordes. Primeiro foi em 2007, com 618 transplantes realizados, superando os 446 feitos em 2006. Em 2008 novo recorde, com a marca de 739 transplantes. No ano passado esse número foi vencido. O Ceará fechou 2009 com 767 transplantes.

 

No Ceará, o número de doadores efetivos aumentou de 11,2 em 2009 para 19,1 por milhão da população, no primeiro trimestre deste ano. Fica abaixo apenas de São Paulo, com 22,6 doadores efetivos.

 

As conquistas na área de transplantes se acumulam no Ceará. Em 2008, foram realizados os primeiros transplantes de medula óssea no Estado. Em dezembro do ano passado, o Hospital Geral de Fortaleza (HGF) começou a realizar transplantes de pâncreas. Já este ano, no mês de junho, foi inaugurado o primeiro banco de cordão umbilical e placentário do Norte e Nordeste. Para o Secretário da Saúde, Arruda Bastos, as perspectivas são ainda melhores em função do aumento de estrutura com os dois hospitais regionais que estão sendo construídos pelo governo do Estado em Juazeiro do Norte e em Sobral.

 

Transplantes realizados em 2010

 





05.07.2010

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)