Sistema eletrônico de votação escolar é desenvolvido por alunos de Escola Profissional

23 de junho de 2010

Nesta quinta-feira (24), das 8 às 20h, os alunos do Liceu do Ceará, localizado no bairro Jacarecanga, em Fortaleza, vão utilizar o computador para eleger o grêmio estudantil da unidade. O processo acontecerá por meio do Sistema de Votação Escolar (SVE), desenvolvido por alunos do 3º ano do curso de Informática da Escola Estadual de Educação Profissional Paulo Petrola. Duas chapas concorrem ao grêmio cujo mandato será de um ano: 1- Revolution e 2- IAM – Independência Alcançando Metas.

 

Para os 3.500 estudantes do Liceu, a grande novidade do dia será o sistema pioneiro que torna automático qualquer processo eleitoral dentro das unidades de ensino. Trata-se de um programa simples e que já foi utilizado nas eleições da Escola de Ensino Fundamental e Médio Anísio Teixeira, no último dia 8. Na ocasião, a ferramenta tecnológica garantiu maior segurança e organização na hora da escolha dos representantes estudantis.

 

Sistema de Votação Escolar (SVE)

 

O sistema funciona da seguinte forma: uma interface com um botão “Início”, uma próxima tela com opções para escolher os candidatos, com os botões “Confirmar” e “Corrigir”, e, por fim, uma tela agradecendo a participação. Ao final de todo processo, a apuração é feita automaticamente, apresentando o nome da chapa vencedora, número de votos em branco, quantas pessoas votaram e eleitores ausentes.

 

A proposta foi idealizada pelos professores Evaldo Fernandes e Valdo Coelho, da Escola Profissional Paulo Petrola, no bairro Goiabeiras, e apresentado a alunos da unidade, que desenvolveram o programa. Seis estudantes estão envolvidos no projeto: Ítalo Silva de Sousa, Emanoel da Silva Santos, Claudejaira de Oliveira Farias, Edvan da Silva Reis, Ana Rebeca Rodrigues Miranda e Francisca Eliete Santos da Silva. Dois são responsáveis pela criação do sistema e os demais dão apoio organizacional e suporte. O desempenho dos estudantes com o sistema está sendo avaliado e será usado como nota na disciplina de Estágio I.

 

Para o aluno Ítalo Silva, é gratificante desenvolver uma ferramenta facilitadora no processo de apuração dos votos na eleições. “Antes a apuração de votos em uma escola como o Liceu do Ceará era muito demorada, agora ela é agilizada com o sistema, que informa automaticamente a chapa vencedora”, salientou.

 

23.06.2010

Assessoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br /  85 3101.3972)