Proares II: mais quatro equipamentos são inaugurados no Interior

21 de junho de 2010

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) retoma, neste mês de junho, a série de inaugurações e ordens de serviço do Programa de Apoio às Reformas Sociais – Proares II. Nesta terça-feira (22), a titular da pasta, Fátima Catunda, parte para o interior cearense onde inaugura mais quatro novos equipamentos sociais e assina mais sete ordens de serviço para início das construções e reformas. Desta vez, os recursos são da ordem de R$ 4,3 milhões e vão beneficiar a população de Aratuba, Aiuaba, Parambu e Araripe.

Desde o mês de Dezembro, foram inaugurados 49 equipamentos e assinadas 14 ordens de serviço em 17 municípios, ao custo de R$ 18,7 milhões. Desta vez, em Parambu, serão inauguradas 1 Ginásio Poliesportivo, 1 Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), 1 Centro de Educação Infantil (CEI) e 1 Polo de Convivência Social. Até o final de 2010, outras 37 cidades serão contempladas, totalizando 63 cidades, beneficiando, diretamente, cerca de 82 mil crianças, adolescentes e jovens.

EQUIPAMENTOS SOCIAIS
Os recursos do Proares II são parte dos US$ 65 milhões, financiados pelo Governo do Estado, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a implementação do Programa. Desse montante, US$ 45 milhões são oriundos do BID e outros US$ 20 milhões de contrapartida do tesouro estadual e Prefeituras Municipais. O aporte financeiro está sendo aplicado na realização de 124 equipamentos sociais em 43 municípios cearense.

PROARES II
O Proares II vai construir ou reformar Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Centros de Educação Infantil (CEI), Ginásios Poliesportivos, Pólos de Convivência Social, Centros de Esporte e Bibliotecas, além de disponibilizar às unidades de ação social já existentes, equipamentos esportivos, carros, computadores e oferece ainda a capacitação inicial das equipes de cada equipamento social.

O Proares II compreende, sobretudo, a melhoria dos serviços, que devem ser prestados com qualidade para melhorar as condições de vida das pessoas no interior. As obras beneficiam a comunidade, que ganha novos espaços de convivência social, cultural, esportiva e de lazer.

Os equipamentos sociais são escolhidos pela comunidade de cada município durante a oficina de Planejamento Participativo, ocasião em que é elaborado o Plano Participativo Municipal – PPM.

Para a seleção dos municípios, o Governador do Estado, Cid Gomes, tomou como referência a população de 0 a 24 anos e o Índice de Vulnerabilidade Social – IVS que foi elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará – IPECE.

21.06.2010

Assessoria de Comunicação da STDS
Carlos Eugênio (imprensa@stds.ce.gov.br / 3101.2099 / 2089 )